Veja algumas dicas para facilitar a decoração da casa a dois.

Conciliar estilos é um processo divertido na construção de uma vida a dois. Por isso, morar junto é um momento muito especial na vida de um casal. Ao decidirem morar sob o mesmo teto, suas experiências e preferências se unem para que possam escrever novas histórias. Assim, chega também a fase de unir dois estilos diferentes na hora da decoração do novo lar.

Nesta construção, é importante que cada um se sinta simbolizado nos ambientes da casa, expressando as escolhas de ambos e não de cada um individualmente. Para ajudá-los neste processo, veja uma lista de dicas de design para ajudar na composição dos espaços, contemplando os gostos dos dois.

Idealizem a casa juntos

A decoração tem grande influência no bem-estar das pessoas, principalmente em casa. Por isso, conciliar estilos é importante para que os espaços também reflitam na vida conjugal. Assim, será sempre visível que a casa ou apartamento, ainda que seja alugado, tem a cara dos dois.

Para garantir que ambos serão representados nos espaços da casa, reservem um tempo para idealizar os ambientes. Nessa etapa, imaginem como os ambientes seriam considerando as preferências e gostos de cada um. Esse exercício também é importante para planejar como equipar a casa, evitando gastos desnecessários.

Leia também: Soluções para organizar a casa a dois

Identifiquem estilos em comum para conciliar estilos

Depois do planejamento geral, é hora de falar sobre design. Aproveitem o momento para levantar os gostos em comum e qual estilo de decoração será agradável diariamente para ambos. Uma conversa a respeito será muito valiosa para conciliar os estilos nos detalhes.

No aplicativo Tok&Stok, é possível fazer um teste simples e rápido que identifica a tendência que mais combina com cada um. Entre outras características, ele considera as cores de uso mais frequente e objetos de decoração que combinam com sua identidade – neste caso, a do casal.

Definam espaços e objetos individuais

Ainda que os gostos se encontrem ao longo do tempo, também é importante considerar o espaço de cada um individualmente. O ideal é equilibrar as escolhas e o que cada um deseja manter, como hábitos e objetos de valor sentimental.

Estas peças ou espaços podem estar em um canto específico da casa ou completar um ambiente coletivo, em que os dois se sintam confortáveis. Um bom exemplo para esse exercício é optar por uma cozinha americana, que atende aos dois e pode ter itens que sejam de uso ou agrado pessoal de cada um – que vai desde uma caneca até um enfeite sobre a mesa.

Ver opções de acessórios para cozinha >>

Escolha das cores: Etapa do consenso

Caso as diferenças para conciliar os estilos sejam muitas, é importante começar pela escolha das cores dos ambientes de forma consensual. Neste caso, tons neutros como branco, bege e o cinza são cores versáteis que podem ser incrementadas pelos móveis e acessórios. Serão os detalhes que trarão a personalidade de ambos como casal e também como indivíduos.

A iluminação também é um fator que reforça o estilo adotado para decoração dos ambientes, considerando, também, sua funcionalidade. O design de um espaço também passa pelo conforto e aspecto acolhedor, que no dia a dia servirá para os dois.

Conciliar os estilos no quarto do casal

O quarto é um dos ambientes que mais será compartilhado pelo casal, oferecendo conforto e descanso igualmente para ambos. Por isso, é fundamental a participação dos dois na escolha dos móveis e acessórios. A princípio, considere o espaço disponível para escolher itens que não atrapalhem a circulação ou poluem visualmente o cômodo.

Outro ponto importante é a escolha do colchão. O colchão de casal pode ser escolhido com base na soma do peso dos dois e o material que o compõe – espuma ou molas. Dessa forma, o casal será contemplado diariamente com noites de descanso em um ambiente acolhedor.

Leia também: Como escolher colchão e manter sua vida útil

Em seguida, os itens de decoração darão o toque pessoal em comum do casal, principalmente na roupa de cama. Sobre a mesa de cabeceira e cômodas, objetos pessoais serão habituais e preencherão os espaços com o toque de cada um.


Seja na casa própria ou alugada, o consenso entre o casal para definir o estilo dos ambientes é fundamental. Enquanto as cores neutras tornam o ambiente mais coletivo, os objetos e acessórios levarão a personalidade de cada um.

O mais importante nesse processo é lembrar que a decoração é o complemento para levar bem-estar e aconchego. Continue acompanhando o #TokEmCasa para mais dicas de decoração e inspire-se para mudar seus ambientes.

Sale Tok Stok

Foto divulgação Tok&Stok. Os produtos aqui expostos estão sujeitos a disponibilidade de estoque no portfólio atual.