Cultivar uma horta caseira é possível em qualquer espaço, seja grande ou pequeno. Veja dicas e inspire-se.


Economia, alimentação saudável e decoração natural. Essas são apenas algumas das vantagens de ter uma horta caseira otimizando os espaços da casa. Ela ainda facilita o cotidiano ao evitar que você tenha que ir toda semana ao mercado e enfrente longas filas para comprar verduras e temperos.

No entanto, o espaço para cultivar a horta pode ser uma questão para quem mora em casas ou apartamentos pequenos. Por isso, apresentamos algumas dicas para montar a horta em qualquer lugar da sua casa e tornar seus ambientes com um toque de natureza e praticidade.

Escolha do espaço

É possível cultivar uma horta caseira de pequeno e médio porte, tanto em áreas internas quanto externas de casas ou apartamentos. A única exigência é escolher um local onde bata luz do sol suficiente para iluminá-la ao menos três horas por dia.

Uma boa solução para quem não pode furar a parede é usar móveis apoiados no chão, como bancadas e estantes. Desta forma, você deixa todos os vasos sempre ao seu alcance e ainda consegue manter em um só lugar todos os acessórios utilizados na horta.

Sacada ou varanda

Independente do espaço, o ideal é utilizar as paredes para instalar prateleiras ou suportes que sirvam de apoio para cachepôs, floreiras e vasos com as sementes e mudas que você deseja cultivar.

Além de conferir um toque de charme ao visual do ambiente, a horta vertical mantém tudo ao alcance das mãos e ainda deixa um cheiro de natureza.

Veja também: Como conservar móveis da área externa

Jardins e quintais

Nestes espaços, a tarefa é mais simples. Aproveite o próprio solo para plantar as mudas e sementes de ervas e hortaliças.

Se a ideia é ter um pouco mais de mobilidade na sua horta caseira, use cachepôs, floreiras e vasos para que você possa mudá-los de lugar e, assim, atender as necessidades e as modificações da área externa caso seja preciso.

  • Ofereça um toque de originalidade à organização da sua horta ao usar placas com os nomes das ervas, hortaliças ou legumes plantados no solo ou em vasos, cachepôs e floreiras.

Ver opções de acessórios para jardinagem >>

Horta na Cozinha

Incorporar o verde ao dia a dia do ambiente e ter os principais temperos sempre à mão são as vantagens de cultivar uma mini-horta na cozinha.

Prática e fácil de manter, ela pode decorar bancadas e balcões ou ser colocada junto à janela para ter contato direto com a luz do sol.

As paredes da cozinha também podem ser usadas para cultivar uma mini-horta. Você precisa apenas de prateleiras ou suportes para suspender o vaso sobre a pia ou a bancada para deixar o vaso com as ervas ao seu alcance.

O que plantar

Para começar a cultivar sua horta caseira, é preciso saber o que plantar. Além de ajudá-lo a economizar no tempo usado para ir ao mercado ou feira livre, esta ação vai poupá-lo de gastar dinheiro na compra de porções que nem sempre são totalmente utilizadas.

» Para os iniciantes, ervas como salsinha e cebolinha são fáceis de cuidar e crescem em pouco espaço. São ideais para servir uma salada saborosa e um prato bem decorado.

» Plantados em qualquer época do ano, alecrim e manjericão não só fazem parte do preparo de carnes e molhos como também têm propriedades anti-sépticas.

»Perfeito para combater gripes e resfriados, a hortelã também merece espaço na horta caseira por servir de tempero para quem adora preparar pratos árabes.

» Utilizado em carnes, peixes, sopas e uma grande variedade de pratos, o coentro também pode ser uma boa solução para combater dores estomacais.

» Além da pizza, o orégano também dá um sabor especial a pratos rápidos, como omeletes, saladas e sopas.

» Se você deseja investir em uma horta mais rica, invista em plantas como alface, cenoura e beterraba, cultivadas em floreiras maiores, colocadas em espaços como quintais e jardins.

Um vaso, várias plantas

Antes de cultivar diferentes tipos de plantas em um mesmo vaso ou floreira, saiba que existem algumas espécies que se ajudam ao crescerem juntas, enquanto outras se prejudicam por competir pelos mesmos recursos.

Para ajudá-lo a preparar e cultivar uma mini-horta mista, basta conferir uma tabela que indica quais mudas ou sementes vivem bem sozinhas ou em harmonia umas com as outras, sem criar nenhum contratempo.

Ver opções de vasos >>

Materiais para fazer uma horta caseira

Faça um checklist com tudo que é preciso para você dar início à sua horta caseira e desfrutar de todas as vantagens de poder plantar e colher no seu jardim, quintal, sacada ou varanda.

» Ferramentas e acessórios usados para preparar a terra e regar as plantas;

» Sementes ou mudas de uma ou mais plantas;

» Terra preta – para garantir que as sementes plantadas tenham mais nutrientes ao longo do cultivo;

» Adubo – caso a terra não esteja preparada, utilize capim triturado, borra de café ou cascas de ovo, frutas ou verduras como adubo orgânico;

» Argila expandida ou pedriscos;

Como plantar

Rápido e simples de aprender, o plantio das sementes e mudas para sua horta caseira consiste em 5 passos:

1- Use os pedriscos ou argila expandida para forrar o fundo da floreira ou vaso para evitar o entupimento dos furos e ajudar no escoamento da água utilizada na rega.

2- Coloque a terra preta já preparada (adubada), até a metade do vaso ou floreira para que ela sirva de base para as mudas ou sementes que vão ser plantadas.

3- Plante as sementes ou mudas, com a terra em volta da raiz, para logo em seguida cobri-las de mais terra até que as raízes fiquem completamente cobertas.

4- Finalize o processo com uma camada de casca de pinus, folhas ou palha seca para ajudar a manter a umidade da terra, evitar sua compactação e garantir mais nutrientes às plantas.

5- As regas para mudas ou sementes devem ser feitas duas vezes ao dia (nos horários mais frescos), enquanto plantas jovens e adultas só uma vez ao dia, até cinco vezes por semana.

Ter uma horta caseira demanda dedicação no início, mas pode otimizar muito o seu tempo no dia a dia. Poder colher suas verduras e temperos à qualquer momento sem ter se preocupar em ir a mercados e feiras é um grande facilitador de tempo e economia. 

Veja opções de floreiras >>

Não é necessário dispor de um espaço muito grande para cultivar as mudas de alimentos. Uma prateleira da cozinha ou algum canto na varanda são suficientes para mantê-los. Com essas dicas e ideias é possível montar uma horta caseira pequena e ao mesmo tempo, eficiente.

Foto divulgação Tok&Stok. Os produtos aqui expostos estão sujeitos a disponibilidade de estoque no portfólio atual.